FILÉ DE PINTADO COM MANGA E CASTANHA DE CAJU

Queridos amigos e leitores, hoje tenho a satisfação de repassar para vocês uma receita deliciosa de peixe, com um toque agridoce e com forte sabor nordestino pela castanha de caju. Experimentem, vão adorar, e vou querer saber as suas opiniões….

Filé de pintado com manga e castanha de caju com geléia de cebola

INGREDIENTES

· 2 e 1/2 kg de filé de pintado
· Sal a gosto
· 2 colheres (sopa) de pimenta calabresa
· 2 e 1/2 xícaras (chá) de castanha de caju torrada e picada (250 g)
· 3 mangas cortadas em tiras (900 g)
· 12 fatias de bacon (180 g)

MODO DE FAZER – GELÉIA DE CEBOLA

· 1 kg de cebola picada
· 4 colheres (sopa) de alho picado (50 g)
· 2 xícaras (chá) de açúcar (360 g)
· 1 colher (sopa) de manteiga (15 g)
· Sal a gosto
· 1/2 xícara (chá) de vinagre (120 ml)

ACESSÓRIO

. barbante

MODO DE FAZER

Retire as duas extremidades do filé, abra-o ao meio no sentido do comprimento, sem separar, como uma manta. Tempere com o sal e a pimenta. Espalhe a castanha de caju e a manga sobre o filé. Enrole como um rocambole, envolva-o com as fatias de bacon e prenda com barbante. Coloque em uma assadeira e leve ao forno preaquecido a 180ºC até dourar. Sirva acompanhado da geléia de cebola.

GELÉIA DE CEBOLA

Retire as duas extremidades do filé, abra-o ao meio no sentido do comprimento, sem separar, como uma manta. Tempere com o sal e a pimenta. Espalhe a castanha de caju e a manga sobre o filé. Enrole como um rocambole, envolva-o com as fatias de bacon e prenda com barbante. Coloque em uma assadeira e leve ao forno preaquecido a 180ºC até dourar. Sirva acompanhado da geléia de cebola.

BOM APETITE!!!!!

Anúncios

01/12/2009 at 13:31 2 comentários

FOME x DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS

Hoje fui ao mercado público comprar umas frutas, coisa banal pra qualquer um de nós em todo o mundo, só que ao caminhar pelas calçadas da cidade, ví uma cena que me tirou as forças e esperança de conseguir mudar um pouco esse mundo; uma mãe que teria por volta de 25 anos, mas que aparentava uns 45 anos no mínimo, em um peito amamentava um bebê de alguns meses, que se contorcia impaciente, pois certamente a mãe desnutrida (aparentemente) não tinha mais leite naquele momento, em frente a essa cena tinha uma criança magrinha chorando em frente a essa mesma mãe, reclamando…sabe de que? de FOME, chorando e pedindo a mãe comida, pois tinha muita dor na barriga como dizia, sem saber dizer que a dor significava uma fome incontida. Aquilo me fez gelar completamente, por mais que vejamos cenas como essas todos os dias por e-mail, na TV, nunca estamos preparados para ver pessoalmente. Imediatamente pedi autorização a mãe pra deixar leva-lo pra fazer um lanche na  lanchonete em frente, ela com expressão de desconfiança deixou, peguei o menino pela mão e levei, lá chegando, vi seus olhinhos brilhando diante da quantidade de opções que tinha pra escolher, que ficou mudo…então com muito jeito, fui perguntando se ele queria leite com chocolate, bolo, pão…e aquela criança sentou e quando a comida foi chegando, pra ele nada mais existia a não ser tudo que tinha na mesa, cheguei a pedir calma pra que comesse devagar, até que não aguentou mais, perguntou -Posso levar pra minha mãe? aquilo me doeu profundamente, respondi ao Dinho (apelido dele) que não se preocupasse que iríamos levar pra mãe dele, fiz o pedido pra viagem, paguei a conta e pela primeira vez vi aquela criança sorrir. Quando voltamos dei o pacote pra mãe que encheu os olhos de lágrimas. Segui meu caminho e fui ao mercado, quando lá cheguei pisei logo em cima de um tomate, voltei minha visão pro chão e sõ tinha, frutas, cascas de frutas, legumes, e muita folha verde no chão, imediatamente lembrei-me daquela familia que chorava de fome, ai não me contive, e chorei com pena não só daquelas pessoas que humilhavam-se pedindo o que comer, direito básico de qualquer cidadão. Olhei aquilo e lembrei, terminei um curso intitulado GASTRONOMIA, tornei-me uma chef de cozinha, mas naquele momento vi que eu sou diferente, pois estou me especializando em receitas de reaproveitamento de frutas in natura como cajú, banana, goiaba…como macaxeira, e principalmente contra o desperdício, que por incrível que pareça jogamos todos os dias na lata de lixo o que temos melhor de nossas frutas, verduras, legumes, que são as cascas, as sementes e os talos, ali é onde se encontra a maior riqueza de vitaminas desses alimentos. Sei que sou apenas um grãozinho de areia no meio da praia, mas resolvi que tudo farei pra ensinar a todos que queiram aprender a se alimentar com saúde e economia, não quero levar essa culpa pelo resto dessa vida, por nada fazer.

Como sou uma eterna estudiosa do assunto, e ministro cursos sobre o assunto, resolvi hoje deixar uma receita prática, barata e o que é melhor, deliciosa. Por favor queridos amigos e leitores, façam e divulguem aos outros amigos, que é possível comer bem com o que jogamos no lixo. Agradece essa blogueira inconformada com o que a fome é capaz de fazer com a alma das pessoas. Deus nos abençõe e nos abra os olhos enquanto é tempo.

bolinhos de casca de batata

INGREDIENTES

. 2 xic (chá) de cascas de batatas cozidas e passada no liquidificador

.2 xic (chá) de farinha de trigo

. 2 ovos

. 2 colheres (sopa) de salsinha bem picadinha

. 1 colher (sobremesa) de fermento em pó

. sal a gosto

. óleo pra fritar

MODO DE FAZER

. Cozinhe as cascas de batata e bata no liquidificador. Em uma bacia coloque a massa, acrescente a farinha de trigo, sal, os ovos e o fermento, por último, a salsinha picada, misture tudo muito bem.  Leve o óleo pra  aquecer e vá fritando os bolinhos as colheradas. quando estiverem dourados, retire e coloque em papel absorvente. Delicia….!!!!!

Bolinho de casca de batata

27/11/2009 at 17:22 8 comentários

CODORNAS À MODA DA CHEF SORAYA PIANCÓ

 Essa receita que criei, tem uma uma história pitoresca, conheci na net o meu amigo Chico de Recife, ele uma pessoa muito interessada em história familiar, ficou impressionado com meu sobrenome(Piancó) e saiu a pesquisar, me fez uma pesquisa de raiz da minha família, que um dia ainda vou publicar, O meu amigo Chico tem um grupo de amigos que se encontram todos os sábados que chova ou faça sol,  as 6 da manhã em uma barraca na praia de Boa Viagem no Recife-Pe, Todo ultimo sábado do mês tem a comemoração dos aniversáriantes do mês, então como era o dia do Chico levar seu prato, queria algo diferente, pediu ajuda a sua amiga aqui, eu fiz  pra ele sem muitas pretenções, mas vejam o que aconteceu…CHICO COM CARTAZ EM MINHA HOMENAGEM

clube da fuleragem5

ANIVERSARIANTES DO MES DE OUTUBRO DO "CLUBE DA FULERAGEM"

codorna a moda da chef Soraya

CODORNAS À MODA SAINDO DO FORNO

 Então carinhosamente me prestaram a homenagem pelo prato feito, segundo os associados do CLUBE DA FULERAGEM, foi um grande sucesso, repasso agora a receita a todos vocês, espero que apreciem como o Chico e seus amigos. Obrigada pelo carinho de todos!!!

INGREDIENTES

. 20 Codornas frescas,  limpas e abertas

.Vinho tinto seco (ou branco seco)

. 1 cebola branca bem picadinha

. ervas finas Q.B

.sal Q.B

.azeite Q.B

MODO DE FAZER

Primeiro limpe todas as codornas, e reserve.

Faça uma vinha`dalho com o vinho, sal, a cebola picadinha e as ervas finas.

Mergulhe as codornas nesse tempero, cubra, leve a geladeira por 8 hr, virando a cada duas horas.

Em uma assadeira regue  azeite e coloque as codornas abertas uma ao lado da outra, regue com a vinha d`alho e cubra com papel alumínio, leve ao forno por volta de 40 minutos, veja com um garfo se as codornas estão macias, se estiverem, retire o papel alumínio e deixe dourar. Prontissimo. Siva com arroz  branco com alho.

Espero que possam também provar da minha receita de codornas, e quando estiverem no Recife, visitem o CLUBE DA FULERAGEM na Praia de Boa Viagem, sempre aos sábados apartir das 6 da madruga. Obrigada a todos pela homenagem, incluindo meu amigo Chico.

CARTAZ AFIXADO NO CLUBE

07/11/2009 at 14:57 Deixe um comentário

LAZANHA DE BERINJELA

 Walter Moreno

        É muito interessante como o mundo é enorme geograficamente, e se torna mínimo, quando estamos na internet. Dizem, e todos já passamos por alguma experiência desagradável pela net, mas há sempre o lado positivo das coisas e pessoas que lá conhecemos, é o caso do Walter “moreno”, nos conhecemos aqui, e aqui nasceu uma amizade madura, verdadeira, mas vamos ao que interessa, perguntei pra ele o que voce mais gosta de comer? – “Adoro mandioca frita, batatinha, um bife bem passado sem gordura, com um arroz soltinho e um feijão suculento, uma salada de tomate e alface, adoro maionese, mas nem sempre são bem feitas, assim evito comer em restaurantes, adoro Lazanha de Berinjela, aliás, gosto muito da berinjela passada no ovo e na farinha, depois frita-la”, como podemos ver é o típico brasileiro, nesse caso, resolvi dar uma receita bem simples de uma deliciosa Lazanha de Berinjela.

LAZANHA DE BERINJELA

LAZANHA DE BERINJELA

INGREDIENTES

. 2 berinjelas médias, descascadas, cortadas em fatias finas

. 1 cebola picada

. 2 dentes de alho amassados

. 2 latas de molho de tomate pronto

. 200 g de presunto fatiado fino

. 200g de mussarela fatiada fina

. sal e pimenta a gosto

. 2 colheres (sopa) de azeite

MODO DE FAZER

. Em uma panela, coloque o azeite e refogue a cebola e o alho, acrescente as duas latas de molho e tempere a gosto

. Quando o molho levantar fervura, coloque as fatias de berinjela aos poucos pra que cozinhe levemente.

. Em uma forma de vidro, alterne camadas de berinjela, presento, mussarela e o molho.

. Repita o procedimento e termine no queijo e no molho.

. Leve ao forno pré-aquecido por 25 min, esse prato é único, e meu amor indica. Bom Apetite!!!

 

25/10/2009 at 19:59 Deixe um comentário

1ª Mostra Cultural gastronômica do Crato

DD

 Dia 30 de Outubro, será mostrada cultura e gastronomia juntas, mostrando que é possível unir os dois em um só evento. exclusivo para convidados que valorizam e ajudam a cultura e gastronomia  local. Se voce tiver algum interesse, ligue pra (88) 88176427 falar com Soraya, invetimento 1 kg de alimento não perecível, não aceitamos sal.  Aguardamos os amigos para ver shows, e degustação de  comidas regionais desenvolvida no CENTEC Crato.

 

24/10/2009 at 13:47 2 comentários

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

 

Curso de reaproveitamento de alimentos

Curso de reaproveitamento de alimentos

 

      Dia 16 de Outubro, sexta-feira passado, comemora-se em todo o mundo o Dia Mundial da alimentação, O Sesc em parceria com Mesa Brasil, preocupados com o destino dos alimentos que normalmente são jogados nos lixo, como cascas de frutas, legumes, sementes, talos, nos convidou a ministrar duas oficinas de reaproveitamento de alimentos para Creches, escolas, donas de casa e público em geral, convite que muito nos honrou, e satisfez, principalmente por ver que a grande parte dos  alunos não conheciam os valores nutricionais desses alimentos e o preparo de comidas deliciosas feitas apartir deles. Foram duas oficinas durante todo o dia para 32 alunos. Aproveito o momento para anunciar que em breve estaremos com uma apostila ilustrada sobre o assunto.

Pratos que foram executados nas oficinas:

Bolo de casca de mamão

Bolinhos de casca de banana

bolinhos de casca de batata

Creme de casca de abacaxí

“fanta” natural

Caldo de cascas de legumes, talos e soja

19/10/2009 at 15:19 1 comentário

PATÊS DIVERSOS

 Domingo chegando e sempre aparece aqueles amigos que vem fazer uma visitinha, nada como você preparar uns patês fáceis, gostosos e até ligth. Mãos a obra!!!

Patês de frango

Patês de frango

Patê de frango

Ingredientes:

1 xícara (chá) de peito de frango cozido e desfiado
1 cenoura média ralada
1 xícara (chá) de maionese
1/2 xícara (chá) de milho verde em conserva
sal

 Modo de Preparo:
Em uma tigela, misture 1 xícara (chá) de peito de frango cozido e desfiado, 1 cenoura média ralada, 1 xícara (chá) de maionese, 1/2 xícara (chá) de milho verde em conserva e sal.

Patê de atum

Patê de atum

 

Patê de atum

Ingredientes:

1 lata de atum em conserva
salsinha picada
8 colheres (sopa) de maionese

 Modo de Preparo:
Pique finamente a salsinha. Escorra o óleo do atum e misture a maionese e a salsinha. Se desejar, acrescente sal.

Patê de peixe

Patê de peixe

 

Patê de peixe

Ingredientes:

1 cebola média picada
sal a gosto
2 colheres (sopa) de maionese
1 colher (sopa) de purê de tomate
pimenta-do-reino a gosto
500 g de filé de merluza sem pele e sem espinhas
200 g de requeijão

 Modo de Preparo:
Corte o peixe em pedaços e coloque-os em uma fôrma refratária alta, junto com a cebola e o purê de tomate. Misture bem e leve ao microondas por 3 minutos. Mexa levemente e deixe por mais 3 minutos em potêcia média. Retire do forno, espere esfriar e coloque o peixe no processador de alimentos.

Junte o requeijão, a maionese, o sal e a pimenta. Bata por alguns segundos apenas para agregar bem os ingredientes. Prove os temperos e, se necessário, acrescente mais. Despeje em uma fôrma refratária baixa, levemente untada com manteiga. Leve à geladeira por algumas horas antes de servir. Acompanha torradas.

Patê de soja com ervas

 Ingredientes:

2 xícaras (chá) de soja
1 xícara (chá) de ricota
1/2 xícara (chá) de leite integral
1 colher (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de mostarda
2 colheres (sopa) de salsinha picada
2 colheres (sopa) de cebolinha picada
sal a gosto

 Modo de Preparo:
Escolha a soja, retirando os grãos danificados, lave e deixe de molho por 2 horas em 1 litro de água. Em seguida, escorra a água e coloque a soja em uma panela de pressão. Cubra com água e leve ao fogo por 20 minutos, ou até os grãos ficarem macios. Retire e escorra a água. Bata a soja no processador até obter uma pasta. Junte a ricota, o leite, o suco de limão e a mostarda e bata por mais 2 minutos. Por último, junte a salsinha e a cebolinha. Acerte o sal. Sirva o patê com pão torrado ou use para preparar sanduíches.

Patê de soja com ervas

Patê de soja com ervas

 

17/10/2009 at 21:44 6 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


Quem sou

Soraya Piancó, Cearense, nascida na cidade do Crato, no Vale do Cariri, gastrônoma, atuando na área de alimentação saudável, diferente e barateada com ministração de aulas sobre reaproveitamento de alimentos prontos e in natura, com a finalidade de mostrar as pessoas que somos capazes de fazer deliciosas comidas vindas de cascas, talos e sementes, por exemplo e que normalmente vão pro lixo, evitando assim desperdício e matando a fome de muita gente, agregando saúde e sabor aos alimentos.
Sejam todos bem vindos e tentarei passar sempre que possível receitas e dicas da minha região para que possam conhecer e repassar depois que provarem, pois o conhecimento deve ser publico sempre, só assim poderá girar mundo.
Muito grata pela visita e voltem sempre!!!
Beijos carinhosos dessa cearense arretada.

Galeria de imagens

O mundo gira

contador gratis

Já visitaram esta página...

  • 228,810 pessoas

Veja a data das postagens

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31